Fan page do Projeto Cooperação Twitter do Projeto Cooperação

Fábio Otuzi Brotto

  • Desde pequeno vivo em grupo. Minha primeira turma foi a da Bicicleta sem Breque que deixou em mim belíssimas cicatrizes no corpo e impressões maravilhosas na alma. Joguei basquete, futebol, handebol, lutei judô e fui técnico de basquete por 16 anos... no esporte aprendi a fazer parte de um time e de permanecer nele, interdependentemente do ganhar-e-perder. Então, escolhi me arriscar mais e decidi mergulhar fundo no oceano largo da Cooperação. Nele fui fisgado pelos Jogos Cooperativos e Pedagogia da Cooperação. Desde então, integro a turma do Projeto Cooperação onde sou constantemente inspirado a cultivar as sementes do VenSer quem Eu Sou e ao mesmo tempo InterSer em Comum-Unidade... sem paredes. Sim, sem paredes, porque sendo geminiano com ascendente em gêmeos, preciso da liberdade do andar pela mata e do subir o rio descobrindo por mim mesmo o caminho das pedras... o de fora e o de dentro. Ao mesmo tempo, toda essa liberdade, só faz sentido e traz felicidade se for compartilhada com Tiê, Ilê, Lyz, Denise e todo mundo.

Edgard Gouveia Junior

  • Arquiteto e Urbanista e Pós Graduado em Jogos Cooperativos, ele dedica sua trajetória a mobilizar crianças, jovens e adultos desenhando e aplicando jogos virtuais, gincanas e ações coletivas que desembocam em pequenas revoluções comunitárias. É co-fundador do Instituto Elos, do Programa Guerreiros sem Armas e do Jogo Oasis. Felow Ashoka, Berkana Exchange e TRIP Transformadores, Professor da Pós em Jogos Cooperativos, Formação Gaia Brasíla e Paraná, do Youth Initiative Program e MSLS na Suécia e Knowmads na Holanda. É palestrante em diversos TEDx e consultor internacional na Europa, América do Norte e Asia onde aplica tecnologias sociais como World Café, Open Space, Danças Circulares, Comunicação não Violenta e Jogo Oasis. É idealizador do Play The Call, uma gincana mundial online que tem tarefas concretas no mundo real e pretende envolver 2 bilhōes de pessoas em quatro anos para restaurar o equilíbrio na Biosfera. Ele acredita que mudar o mundo pode ser rápido, divertido e sem botar a mão no bolso.

Roberto Martini

  • Sou sócio facilitador do Projeto Cooperação, presidente do Conselho de Sócios, Co-focalizador do Laboratório de Pedagogia da Cooperação e docente dos Cursos de Pós-Graduação. Integro também o time de Consultores. Em minha trajetória no Projeto Cooperação tive a oportunidade de desenvolver ações e projetos em instituições como: SESC; SESI; SENAC; Federação das Indústrias do Paraná; SICRED; Johnson & Johnson; Banco do Brasil; SESCOOP; Claro; Volkswagen; FEFISA; Prefeituras de Santos e São Paulo, entre outras. Cursei Educação Física e Mestrado em Psicologia da Educação, tive a oportunidade de compartilhar um pouco do trabalho que desenvolvo em Cuba e Holanda. Temas ligados a Educação, Cultura de Paz e Metodologias Colaborativas me despertam especial interesse. Gosto de estar perto da natureza e não resisto a uma boa partida de futebol na areia da praia aqui em Santos, lugar onde moro, principalmente porque posso dar bons mergulhos nos momentos de pausa do Jogo. Sou casado com Claudia, juntos tivemos a Isadora e o Pedro, sem a convivência com minha família não saberia o verdadeiro significado do amor, da felicidade, do respeito, da confiança e do cuidado. Sou muito grato à vida por tudo que recebo! E tenho recebido muito.

Renato Milsoni

  • Sou consultor do Projeto Cooperação, onde atuo há mais de 10 anos, servindo inúmeras Organizações de diversos setores e contextos (Privadas, Públicas, Não-Governamentais, Educacionais e Comunitárias), focando o desenvolvimento de Organizações Colaborativas. Sou formado em Educação Física e me (trans)formei na Pós-Graduação em Jogos Cooperativos. Participo de alguns grupos de aprendizagem colaborativa, como por exemplo a Escola de Redes e a Comunidade do Art of Hosting, dedicada ao desenvolvimento da Arte de Anfitriar conversas significativas através de Metodologias Colaborativas como Open Space, World Café, Investigação Apreciativa, entre outras. Sou Pai do Pietro e marido da Rosana, com quem aprendo, na prática, o que é o verdadeiro exercício da Cooperação e da vida em Comunidade.

Cambises Bistricky

  • Como consultor especialista em Pedagogia da Cooperação, atuo a 7 anos em organizações de vários setores, focando sempre em desenvolver culturas cooperativas e colaborativas. Me formei em Educação Física, mas ao concluir a pós Graduação em Jogos Cooperativos segui outros caminhos e direções, bebendo de varias fontes: Transdiciplinaridade Humana de Pierre Weill, Dragon Dreaming de John Croft, Word Café, Open Space, peregrinação pelo Caminho de Santiago de Compostela, Danças Circulares Sagradas, porem meu verdadeiro aprendizado se dá quando estou com minhas filhas Yasminn e Monique e minha esposa Claudia; que me lembram sempre que a convivência necessita sempre da Cooperação.

Eliana Rosetti Fausto

  • Fui convidada a fazer parte do Projeto Cooperação no ano de 2004 para integrar a equipe da coordenação do curso de Pós-graduação em Jogos Cooperativos. De lá pra cá, aconteceu a expansão dos cursos para Jogos Cooperativos & Cultura de Paz e Pedagogia da Cooperação & Metodologias Colaborativas, em que, sua localização, foi estendida para: Brasília, Florianópolis, Rio de Janeiro São Paulo e São Vicente/SP. Fiz parte de todo este processo e atualmente faço parte da Cooperação Geral dos cursos de Pós-graduação do Projeto Cooperação. Sou Pós-graduada em Jogos Cooperativos, graduada em Educação Física e realizei algumas formações em Danças Circulares pela Triom. Trabalhei também, durante 29 anos como Profa. de Educação Física numa escola, em que, o valor na formação humana do indivíduo era privilegiada e todos estes desdobramentos me ajudaram a ser quem sou. A partir da construção do TCC "Aprender a Cooperar" e também dos artigos " Criar e Re-Criar Jogos Cooperativos" e "Danças Circulares e Cooperação" tive a oportunidade de realizar trabalhos em congressos nacionais e internacionais na Espanha e Holanda com relevância nos Jogos Cooperativos e nas Danças Circulares. Faço parte de uma grande família! Nossas reuniões, acontecem em volta da mesa com aromas e sabores, recheada de muita alegria e bom humor e são nestes momentos que ouvimos belas histórias. A convivência diária é um aprendizado constante e me ajuda, a cada dia, ser quem sou.

Ana Paula Peron

  • Sou consultora do Projeto Cooperação; formada em Educação Física e me (trans)formei na Pós-Graduação em Jogos Cooperativos em 2001 quando migrei minha carreira da área da educação para a área corporativa; fiz mba em gestão de pessoas; pós-graduação em dinâmica dos grupos pela sociedade brasileira de dinâmica dos grupos e pós-graduação em psicologia em excelência do desenvolvimento humano e formação em coaching executivo. Desde então venho facilitando e focalizando programas de desenvolvimento de equipes e líderes, além de metodologias de conversações significativas e coaching executivo, co-criadora do jogo de tabuleiro cooperativo - dekanawidah; docente do curso de pós-graduação em jogos cooperativos; docente do curso de pós-graduação em pedagogia da cooperação; peregrina do Caminho de Santiago de Compostela. Integrante do next - programa de investigação-aprendizagem sobre transição de hierarquia para rede e outros grupos de aprendizagem colaborativa . Sou mãe da Fernanda e companheira do Carlos, venho de uma família de 6 irmãs, onde vivi e vivo o verdadeiro exercício da Cooperação e da vida em Comunidade.

Fabiano Salles Soares

  • Sou sócio e atuo como Diretor Administrativo e Financeiro no Projeto Cooperação. Graduado em Administração Empresarial pela ESAG/UDESC e Pós-graduado em MBA de Gestão Empresarial na FGV. Com 7 anos de experiência nas áreas Administrativa, Financeira, Comercial e Gestão de Pessoas. Aprendi sobre cooperação, amizade e amor com os meus amigos e companheiros de jornada do Projeto Cooperação, assim sigo em busca de melhorar a vida dos que trabalham comigo, para que eles possam espalhar livremente a cooperação pelo mundo.

Juliana Caroline de Lima

  • Hoje sou Assistente Administrativo do Projeto Cooperação, mas antes disso, em novembro de 2011, entro no projeto como estagiária, depois de um ano passo a ser Secretária, só mais tarde entro como Assistente Administrativo. Quando conheci o projeto me encantei, como amor a primeira vista e percebi que estava no caminho certo com pessoas incríveis, anjos que entram em nossas vidas, trazendo mais amor, cuidado e carinho, não acreditava que poderia ter esses valores em uma empresa, pra mim era ilusão, enfim, vivo isso na prática. Sou técnica em Turismo e estudante de Letras, hoje tenho muito mais clareza do caminho que estou e quero trilhar, a proposta dos Jogos Cooperativos, faz vivenciar esse jogo da vida como exercício de convivência e aprendizagem. E essa vivencia me faz relembrar o que meus pais ensinaram e ensinam até hoje a importância da cooperação em nossas vidas, resgatando assim minhas raízes. AMO fazer parte desta COM-UNIDADE

Tiê Franco Brotto

  • Desde pequeno vivo cercado de pessoas maravilhosas e inspiradoras, e por elas sempre fui incentivado a ser criativo. Como um bom leonino sempre gostei de encantar as pessoas, mas pouco a pouco fui percebendo que também as pessoas me encantam muito. Me formei em Relações Internacionais pela PUC-SP, para tentar melhor entender as dinâmicas que regem as relações humanas, para além das nações. Durante os meus estudos passei um semestre estudando conflitos internacionais na Universidade de Copenhague, e fui cada vez mais me interessando pelas formas de viver em harmonia com o outro e com o universo. A minha eterna ligação com o Projeto Cooperação se desenvolve a cada momento, hoje eu ofereço suporte a disseminação de conhecimento na forma de cursos e oficinas de curta duração. Amanhã, quem sabe o que estarei fazendo? Aqui e agora eu me sinto energizado a seguir em frente, junto com as pessoas que me amam e cuidam de mim.

Denise Jayme

  • Integro o Projeto Cooperação desde 2006, onde venho atuando como Facilitadora de Jogos e Atividades Cooperativas em diversas áreas e organizações, como Gaia Education, PNUD, COC, SESCOOP-ES e BA, Secretaria de Educação-DF, TRE-DF, FEMSA Mercosul/Coca-Cola e outros. Atuo também como Coordenadora Local da Pós em Pedagogia da Cooperação & Metodologias Colaborativas em Brasília, onde sou docente no módulo de Danças Circulares. Coordeno o Departamento de Educação Física da Escola das Nações há 10 anos, meu grande laboratório de prática de cooperação. Me especializei em Educação Física Escolar e me certifiquei no programa de Tansformação em Jogos Cooperativos. Participei vários cursos de Danças Circulares Sagradas e conclui a Formação oferecida pelo Grupo Rodas da Lua. Experimentei a natação, o vôlei, o handebol, o jazz, a ginástica, o patins... e hoje me aventuro no prazer da corrida. Convivo e aprendo diariamente com minhas filhas Vanessa, Bruna e Paula e compartilho meu caminho de vida ao lado do Fábio, que me ensinou (dentre muitas outras coisas) a vir-a-ser inteiramente quem sou!

Cristiane Oliveira

  • Sou Coordenadora Local da Pós Pedagogia da Cooperação e Metodologias Colaborativas – Projeto Cooperação/UniBr em Florianópolis. Coach, palestrante e facilitadora de Jogos Cooperativos, Metodologias Colaborativas e Pedagogia da Cooperação. Criadora do Coaching Essência de Mulher – Em busca de si e do que se deseja. Co-Criadora do Programa Coaching Emagrecimento e Bem Estar. Personal & Professional Coaching (SBCoaching). Pós graduada em Jogos Cooperativos (UNIMONTE – SP). Pós graduada em Gerontologia (UFSC/NETI – SC). Graduada em Educação Física – Licenciatura Plena (UFSM – RS). Compartilho que em meu caminho pessoal e profissional, aprendi com a Educação Física a levar as pessoas a se conhecerem e esforçarem-se a chegar a resultados positivos e de sucesso. Com os Jogos Cooperativos aprendi que nossas forças, talentos, qualidades assim como nossas limitações fazem parte de um todo que precisa estar à disposição e serem compartilhados. No Coaching reconheci minha missão de motivar, ensinar e inspirar pessoas a acreditarem em si mesmas e realizarem seus sonhos. Com meu pai, mãe e meus dois irmãos aprendi e aprendo que posso chegar onde eu quiser, fazendo gente feliz e sendo feliz também, que é só isso o que importa. Acredito também que eu nasci para ajudar as pessoas a relembrar do Brilho que elas têm. Afinal, pessoas que Brilham São Brilhantes. E com meus sobrinhos, percebi que meu sorriso fica ainda mais largo quando me chamam de Dinda!

Claudia Miranda Martini

  • Sou coordenadora local e docente da Pós em Jogos Cooperativos & Cultura de Paz das turmas de São Vicente. Meu envolvimento com os Jogos Cooperativos e Pedagogia da Cooperação se deu há 20 anos, período em que tive a oportunidade de aprofundar meus conhecimentos nessa área e observar o desdobramento prático desses estudos tanto nas minhas ações como professora de Educação Física em escolas das Redes Públicas e em Universidade, como na gestão de projetos ligados a Educação Física Infantil e Lazer Comunitário. Minha formação acadêmica inclui Educação Física, Pedagogia, Pós Graduação em Psicomotricidade Clínica & Educação e Transdisciplinaridade, bem como aprofundamento em Filosofia e Lazer & Recreação. É como mãe da Isa, do Pedro e esposa do Beto que re-novo, diariamente e amorosamente, o com-viver em cooperação.

Maria da Conceição de Souza

  • Sou Coordenadora Local da Pós-graduação em Pedagogia da Cooperação e Metodologias Colaborativas, no Rio de Janeiro.Minha atuação vai desde a captação dos alunos, até o acompanhamento de todos os módulos do curso, no qual ainda exerço a função de docente de Metodologia de Pesquisa Transdisciplinar. Estou no Projeto Cooperação desde 2013, mas desde 2010 colaboro com a organização de Workshops de Jogos Cooperativos e Pedagogia da Cooperação, na minha cidade. Estou na área educacional há mais de trinta anos, como professora, psicopedagoga e em funções administrativo-pedagógicas, sempre em escolas da rede pública do Rio de Janeiro. Nestes espaços, desde que conheci a proposta dos Jogos Cooperativos, tenho me dedicado à aplicação e divulgação de metodologias colaborativas, bem como à realização e apresentação de trabalhos de pesquisa com foco na reflexão sobre as relações existentes e possíveis no ambiente escolar. Sou mestre em Políticas Públicas e Formação Humana, pós-graduada em Jogos Cooperativos e em Psicopedagogia Institucional, Psicóloga e Licenciada em Psicologia, além de ter formação em Danças Circulares. Meus pais me ensinaram a cooperar, cooperando, meu marido me faz lembrar, todos os dias, da importância da cooperação em nossas vidas, e meu filho inspira meu desejo de um mundo melhor. Por tudo isso, e por ter me encantado com as ideias que sustentam a proposta dos Jogos Cooperativos, busco a experiência da Cooperação, como um exercício pessoal e cotidiano de convivência.